24 abril 2007

Mini-férias à vista!

Voltamos já!

31 semanas


Que espectáculo de perfil ! :))
Posted by Picasa

Chegou...

... daqui a prenda dos tios recém-casados para o bebé! Vai dar um jeitão para os piqueniques de Verão!

23 abril 2007

"Os bebés, como é que "nescem"? "

A Camila também viu a reportagem da SIC sobre os prematuros, para mal dos meus pecados porque não parou de fazer perguntas e os pais quase não conseguiram ouvir nada. "Puqué que tem uns pensos? Puqué que tem um tubo no nariz? Puqué que não sabe mamar ainda? Puqué que tem uma fralda até aos braços? Como é que este nasceu?"
Para esta última pergunta, já lhe dei uma explicação há umas boas semanas, ela entendeu porque já ma repetiu, mas gosta sempre que eu explique mais uma vez, não sei porquê. Optei por tentar explicar-lhe a realidade com palavras simples, que havia duas maneiras dos bebés nascerem. A primeira é pela vagina (sim, disse-lhe esse nome :) ), que é um buraquinho que as mulheres têm no pipi, ao pé do buraquinho de fazer xixi, e que, quando é hora do bebé nascer, estica muito até o bebé conseguir sair. Quando o buraquinho não estica, o médico corta um bocadinho a barriga, tira o bebé e volta a colar a barriga. Perguntou logo como é que ela nasceu, eu disse-lhe que foi da primeira maneira, e que o A., o novo amiguinho, tinha nascido da segunda, por exemplo.
De vez em quando, como ontem, volta a perguntar "E eu, como é que eu nasci?". Ontem, disse-lhe "Tu já sabes, já te expliquei" e ela "Foi pela vagina!", eu "É isso mesmo, percebeste tudo!", fica toda contente. Também já perguntou como é que o mano vai nascer, digo-lhe que não sei, só quando chegar a hora é que se vê. Eu espero que seja "uma hora" com o mesmo grau de dificuldade da dela, já ficava contente :)!

(O pai achou que eu tinha dado uma explicação com muitos detalhes desnecessários, que ela não ía entender. Eu respondi-lhe que, com esta, lidei eu e que, quando ela perguntar como é que os bebés entram na barriga, passo-lhe a batata quente a ele, eheheh)

Medo

Todas as grávidas o sentem, acredito. Por mais acompanhamento, exames e testes pré-natais que se façam, nunca ninguém diz "O seu bebé é perfeitamente saudável, a 100%!". Mesmo que alguém chegue perto de o dizer, há sempre o parto, em que algo pode correr menos bem e deixar sequelas.
Este medo acompanha-me sempre, embora normalmente ande adormecido, bem cá no fundo da mente, que eu não sou pessoa de gostar de sofrer por antecipação, é uma perda de tempo. Mas sei que está cá, de vez em quando há qualquer coisa que o faz vir mais à tona. Ontem, foram duas situações.
À tarde, num passeio na praia, cruzo o meu olhar com um casal já com alguma idade, cada um levando pela mão um filho, já adultos, deficientes mentais. Olho para a cara dos pais, vejo rugas bem vincadas e penso "Como será? Lidar com um, não será fácil, mas com dois... dois homens feitos... Como lidaria eu com a mesma situação?" À noite, a reportagem da SIC sobre os prematuros. Perceber que me pode acontecer o mesmo, que já estou na janela de tempo da viabilidade mas que pode sempre haver sequelas, embora também hajam milagres.
Além destas situações, tenho a sensação que este bebé é menos activo do que a irmã era nesta altura, é inevitável fazer comparações, embora saiba que não duas gravidezes iguais. Sei disso, mas a preocupação anda cá na mesma a martelar, sempre ansiando pelo próximo movimento, por senti-lo mais forte.
O medo. Mantenho-o enjaulado, mas está cá.

20 abril 2007

"Hã?! Como é que foi que disse?!"

Cenário: ontem, dia da senhora da limpeza, final do jantar e 2 ou 3 pedacitos de pão no chão, por baixo da cadeira da D.Camila.
Eu:"- Camila, apanha essas migalhas do chão, ainda há pouco a senhora acabou de limpar a cozinha! E eu não me posso baixar!"
Ela, com resposta pronta:"-Mas podes varrer!"

Só faltou fazer: "dahhh!"

Tou tramada!

19 abril 2007

Está oficialmente aberta a época de:

- muitas dores nas costas
- contracções das que não doem mas incomodam
- pés e tornozelos tipo elefante
- mãos sem anéis
- dificuldade em dormir
- andar à pinguim
- desespero por querer fazer tanta coisa e não conseguir

Acho que não me esqueci de nenhuma maleita. Ai, ai...

18 abril 2007

Para explicar à Camila porque é que não sabemos o sexo do nosso bebé, quando ela vê que outras grávidas já sabem o do delas, digo-lhe que assim temos um Kinder surpresa e que o bebé não abriu as pernas e não deu para ver, quando o doutor esteve a ver na televisão (o que foi verdade). Mas ela anda roidinha de curiosidade, dei conta disso quando cheguei a casa da consulta na 2ª feira e a primeira pergunta foi: "Então, abriu as pernas?!"
:)

-----

Quando me queixo de algum pontapé mais violento na barriga, ela diz logo:
-"É o maninho que tá a dar tontapés? Cóquer dia, rompe-te a barriga!"

:D

17 abril 2007

Semana 30

Sinto-me a entrar em "countdown", socorro! Passo o tempo a responder "Não, ainda faltam 2 meses!" porque toda a gente me pergunta "Está para breve?", estou mesmo muuuito grávida! Ontem foi dia de consulta e de marcação da próxima daqui a 4 semanas, que será, em princípio, a última no consultório porque, a partir das 37 semanas, começo a ir ao hospital. Está tudo bem, excepto ela ter achado a barriga muito dura e eu ter confirmado que tenho sentido bastantes contracções, por isso vou tomar magnésio. Espreitámos o "conteúdo" do Kinder surpresa, como diz a Camila, coração bem batidinho, movimentos das costelas, cabeça já bem em baixo. Tem sido bastante inconstante nos movimentos, ora tem dias que passa o tempo no kick-boxing, ora tem outros que lá dá um chuto discreto só de vez em quando.
Acho que tenho que começar a pensar em preparar a mala, não é?! É que o relógio não pára, schuiff!

Posted by Picasa

16 abril 2007

Neste dia, há dois anos, os meus avós comemoraram as suas Bodas de Ouro. Na altura, o meu avô não quis missa nem ir para restaurantes porque andava num momento mais em baixo e eu tinha feito a minha primeira cirurgia maxilo-facial há um mês e ainda só comia coisas trituradas. Fizemos uma comemoração simples, em casa, os filhos, os netos e bisneta, as alianças e um bolo. Foi, para mim, um momento a guardar, porque não é todos os dias que se conhece alguém que comemora a partilha de 50 anos da sua vida. Isto sem contar os anos antes do casamento, porque a minha mãe já foi ao casamento dos pais com 3 anos de idade, mas o meu avô teimava que só casava aos 25 anos e não foi o facto de ter tido uma filha aos 22 que o demoveu, embora assumisse a filha e ajudasse nas suas despesas. Enfim, histórias antigas de família, que não canso de ouvir contar e recontar pela minha avó.
Hoje, fariam 52 anos de anos, mas ele já cá não está para festejar. Fico-me pelas memórias e sinto-me privilegiada com o facto de as ter para reviver...
Hoje, ao deixar a Camila na escola, vejo que a educadora estava sentada com uma menina no colo, a tentar distraí-la, pois era o seu primeiro dia na escolinha e não estava a ser nada fácil. A menina chorava que queria a mamã, pareceu-me um choro que iria durar! Saí da escola cheia de peninha da cachopa (imagino como foi com a mãe dela) e a dar graças por não ter tido um único dia em que tivesse que passar por essa situação com a Camila, deve ser de partir o coração!

Para mim, qualidade de vida é...

... ter manhãs como a de hoje, em que abro a janela, vejo um sol resplandescente, em que a intensidade do canto dos pássaros se sobrepõe ao som dos carros na estrada lá longe e aprecio, durante uns minutos, dois coelhitos a brincar no pousio das traseiras da minha casa (que pena não ter a máquina à mão!).
Não, não moro no meio da "selva", moro num cantinho a 200 m da estrada principal, a 10 minutos da cidade, tenho que ir de carro a todo o lado porque não há nenhum tipo de estabelecimento ao pé, é a chamada "parvónia". Mas não trocava de lugar por nada e só espero que se mantenha sempre assim! :)

13 abril 2007

Dia de passeio da escola

Como o título indica, hoje é dia de andar com o coração do tamanho de uma formiga :S. É um passeio aqui perto, foram conhecer a nascente e a foz do rio cá do sítio, e não tarda está em casa e eles portam-se bem melhor com a educadora do que com os pais, mas... não consigo evitar esta ansiedade, só vou respirar decentemente quando o pai ligar a dizer que já a tem na mão!
Cuoc, cuoooc... sim, sou galinha, admito! :))

12 abril 2007

Ontem à noite fomos visitar este novo amiguinho, vestia o casaquinho tricotado por mim, que lhe ofereci no dia em que o fomos conhecer, e estava um boneco fofo! A Camila não parava de lhe dar mimos, de querer tê-lo no colo, nem quero imaginar quando nascer o seu maninho ou maninha!
Estive com ele ao meu colo durante uns bons minutos e não me cansei de admirar a sua perfeição, as mãos, as orelhas, o seu olhar atento, como é que um serzinho de apenas 3 semanas pode encher-nos assim o coração de bem-estar?! Se, por um lado, desejo que esta gravidez não ande tão rápido, por outro, ontem fiquei ansiosa para ver o meu bebé, tê-lo nos meus braços, ver que está tudo bem, que é saudável. E, finalmente, poder dar largas a esta paixão por ele, que já sinto mesmo sem o conhecer, e que receava, no início da gravidez, não conseguir sentir, pelo menos não tanto como pela irmã (receio talvez idiota mas acho que deve acontecer a todas as mães de 2ª viagem, não?). Mas sinto, não consigo nem quero avaliar se é maior ou menor do que a que sinto pela Camila, o que interessa é que amo os dois com uma intensidade que julgava ser impossível, são as minhas crias, os meus filhos, pessoas sobre as quais assumi a responsabilidade de formar para o Mundo. Falando assim, é uma tarefa difícil, pois... nos momentos mais dífíceis, terei que me lembrar, e fazer com que eles estejam seguros, de que tudo o que eu e o pai fizermos será pensando no melhor para eles, sempre.

10 abril 2007

Está decidido pelos papás e aprovado pela mana:

vamos ter

um Gil

ou

uma Mafalda
Ontem à noite, enquanto eu me "besuntava" de cremes depois do banho, a Camila estava comigo, como sempre (não me lembro da última vez que tomasse banho sozinha, sossegada no silêncio, estando ela em casa). Claro que me pediu "quéme" para ela, levanta as calças e começa a espalhá-lo na pernita escanzelada e cheia de nódoas negras, e diz, toda contente:
"- Olha, já tenho umas pénas goditas!"
Eu:"-Ui, realmente, tens uma pernas gordas como tudo, seu palito!"
Ela reclama, a agarrar a coxa:"- Aqui em cima tá um bocadinho gôda!"
Eu, no gozo:"- Hum, então já vou comer um bife da tua pernoca, deixa-me dar uma trinca!"
Ela, indignada:"- Ó mamã, não sabes que não se pode comer as pessoas?!!"

:D

09 abril 2007

A Páscoa lá passou, um dia em família, prendas aos afilhados e muitos chocolates e amêndoas! Guloseimas que vou ter que esquecer e tirar da minha vista porque, a 11 semanas do final, atingi o aumento de peso que só queria atingir nessa altura, os 10 kg! Nestas últimas 3 semanas, aumentei 1 kg por semana, fiquei em choque quando me pesei hoje de manhã :O ! Ok, tive casamento, jantares de família, aniversários, Páscoa, mas, mesmo assim, é de mais, há que pôr travão, por isso estou de "regime alimentar controlado": cortar com o pão, massas no forno com molho e queijo, vou comer sopinha a todas as refeições e aumentar as saladas. Não acho que tenho vindo a abusar muito, mas a balança não engana, infelizmente. Não consigo nem quero passar fome, vou tentar é ter mais cuidado e atenção ao que como, é que as minhas costas e os meus tornozelos já se começam a queixar ao fim do dia! Ai, "maldita" boquinha santa que gosta de tudo! :S

05 abril 2007

A coelhinha Camila deseja a todos uma...



Posted by Picasa

Páscoa 2003


O bisavô e a bisneta

Imagens que não se repetirão... só na nossa lembrança, sempre!
Posted by Picasa
Às 28 semanas, ainda consigo desejar que esta gravidez durasse mais do que os 80 dias que faltam! Porque estes dois últimos meses foram muito sub-aproveitados, não gozei em pleno o meu estado, devido às preocupações com o meu avô, e sinto que queria mais um tempinho com o meu bebé cá dentro, para o mimar, para conversar mais com ele. Provavelmente, daqui a umas 8 semanas, já quero é vê-lo cá fora o quanto antes, mas agora é assim que me sinto.
Já comprei algumas roupinhas, não muitas, porque tenho bastantes coisas em cores unissexo da Camila, já que também não quis saber o sexo antes dela nascer. A última compra foi o fatinho que vai usar no dia em que nascer, bem colorido e escolhido com a ajuda da mana.



Já escolhi e lavei o que quero aproveitar da Camila, ainda me arrepio ao mexer naquelas roupas pequeninas e pensar que, daqui a pouco, tenho-as "recheadas" com uma coisinha fofa e cheirosa, mas totalmente dependente de mim e que me vai roubar as minhas noites bem dormidas, glup! Também me assusta esta parte, porque isto de ter um bebé não é tudo cor-de-rosa, certo? Tive e tenho muita sorte com a Camila, sempre foi uma criança sossegada e deu-me boas noites desde sempre, e agora tento preparar-me para a possibilidade do cenário ser bastante diferente. Até porque, se é verdade que o decorrer da gravidez tem influência no carácter do bebé, este já está em desvantagem porque tem tido uma gestação bem mais sobressaltada do que a irmã. A ver vamos, seja como for, é um pequenino que já é e vai ser muito, muito amado!
Posted by Picasa

04 abril 2007

Nova do repertório da Camila (e que não sai da cabeça da mãe)

"Uh, uh
yeah, yeah!
Faz, faz,
bebé, bebé!"

(O pai deu ontem o CD à mãe, é um lindo! :) Se calhar, devia andar a ouvir música clássica para o baby, mas Da Weasel é boa onda!)

03 abril 2007

O casamento do mano...

... correu muito bem, os noivos estavam radiantes, o tempo comportou-se, frio mas sem chuva, e a festa... bem, foi uma grande festa!



A Camila portou-se bem na missa e, durante a festa, não parou de brincar com os outros miúdos, foi um dia tão em cheio que quase ficou afónica, ainda anda rouca :)



E aqui está a mana e o sobrinho mais novo do noivo, na sua "elegância" de quase 28 semanas de gravidez! Uma formosura, não?! :P

Do Disney on Ice,...

...tenho a dizer que foi lindo! A Camila adorou, mesmo não conhecendo a história de todas as Princesas. Ao intervalo, estava com um pouco de sono mas o truque de deixarem a história da Cinderela para a 2ª parte foi bem sucedido, despertou logo e vibrou até ao fim. A magia Disney existe e contagia miúdos e graúdos! :)


Posted by Picasa