30 setembro 2009

Ao fim de uma semana sem chupeta,...

... a Mafalda ainda está a "ressacar", tadita. Tem tido dificuldade em adormecer, quer conversa, quer fazer xixi, quer água, quer mais conversa, quer dar beijinhos e abraços, depois choraminga, rebola e adormece. Na sesta, ainda é pior, fica na cama mas já há dois dias que não adormece, diz que "num quéte nã-nã" (não quero dormir!). Curiosamente, nunca mais pediu a "pêpeta", não voltou a dizer o nome da coisa, mas nota-se que lhe sente a falta como ajuda para adormecer. Mas há-de passar.

28 setembro 2009

A escola...

... continua a ser "muiiito cansativo", mas hoje fartou-se de reclamar com o pai por ele ir buscá-la às 16:30 e não às 17:30, porque "eu também quero ter Apoio ao Estudo, gosto muito", mesmo sem saber o que é! :D

Por aqui,...


... às vezes, é Carnaval! :)

25 setembro 2009

"Foi cansativo, fartei-me de pintar!"

Este foi o comentário da Camila sobre a primeira manhã na escola, feito com um sorriso nos lábios a dizer "se calhar, até sou capaz de gostar daquilo!". :))

23 setembro 2009

Da consulta da Camila,...

... ficámos a saber que a escara, que é o que chamam à cicatriz, ainda não tinha caído e, por isso, tem que continuar a alimentação mole e morna, para evitar a sua queda precoce e consequente hemorragia, e voltar lá na próxima semana para mostrar de novo. Pode ir à escola a partir da semana que vem mas nada de actividade física. Está a tomar Brufen porque se queixa ainda de umas dores de ouvidos quando começa a comer, que a médica disse ser normal, mas hoje disse que já não lhe doía tanto, suspeito que a dita escara tenha caído.
Como ela está bem, estamos a pensar levá-la na 6ª feira à escola para fazer o seu Primeiro Dia, conhecer a professora e rever as amiguinhas, já a sinto com curiosidade. E eu também quero ter um blog que fala do regresso às aulas! :D

A Minnie...

... está a ajudar a Mafaldinha a deixar a chupeta!

Desde a ida à Eurodisney, em Agosto, que a Mafalda ficou fanática pelo Mickey e pela Minnie. Já tinha uma camisola com a Minnie que agora, quando a veste, é um martírio para a tirar e não quer outra. Para a convencermos a vestir outra, dizemos-lhe que as flores/gato/qualquer coisa que esteja na camisola são as flores/gato/qualquer coisa da Minnie e ela aceita, toda feliz, repetindo sempre "Éta é a nônôni da Minnie!" (nônôni= flores, eu já disse que ela muito "espanhola", não já?). Ontem fomos, eu, o pai, e a Camila, até ao Hospital de Pulido Valente para a consulta de revisão da cirurgia e depois demos uma fugida ao Colombo, logo ali. Na Disney Store, não resistimos a trazer esta Minnie para a piquena que ficou com a avó. Bem, foi um extâse, quando ela abre o saco e tira de lá o peluche, ficou com os olhinhos a brilhar e sem palavras (quer "espanholas" quer portuguesas), foi uma felicidade que só visto! Não a largou mais e, na hora de deitar, esta mãe "má" lembrou-se de recorrer à chantagem: ou chupeta ou Minnie! Quando foi da Camila, também nos socorremos dum peluche, o Cão Fofinho, que passou a dormir com ela e a dar-lhe todos os miminhos que a chupeta lhe dava. A Mafalda, na boa, escolheu Minnie, mas teve dificuldade em adormecer, chamou umas 4 vezes, olhava para mim com a boca aberta a dizer: "Mamã!", tipo "não tás a ver que está aqui qualquer coisa em falta?", com um ar tão doce que metia dó, mas nunca mencionou a "pêpeta" e acabou por adormecer sozinha. Hoje, a sesta em casa da avó já não correu tão bem, eu disse à minha mãe que preferia que ela não dormisse do que estar a retroceder, e foi o que aconteceu, pediu a chupeta, lá veio a chantagem com a Minnie, ela calou-se mas não conseguiu adormecer, ficou a conversar com a Minnie até a avó ir buscá-la à cama. Agora à noite, pediu a "pêpeta", eu voltei à carga com a devolução da Minnie à loja, lá se conformou, só chamou uma vez a pedir água e adormeceu. Custa um bocadinho vê-la a sofrer para adormecer, era mesmo o único momento em que ela precisava do consolo da chupeta, mas é para o bem dela, porque o maxilar de cima já está um pouco arqueado, espero que ainda volte tudo ao sítio.

22 setembro 2009

Mamã Pirata,...

... privatizaste e eu já não fui a tempo de pedir convite! :(

Acho que Portugal já descobriu...

... a "cura" para a pandemia da Gripe A: campanhas eleitoriais! Já não pontos de situação diários da srª. ministra, já não há contabilidade dos casos diários a abrir os noticiários, é porque já passou, certo?

:)

21 setembro 2009

Só vi metade do filme,...


... mas foi bom rever o "Dirty Dancing" que passou este domingo na SIC, acho que consegui suspirar quase tanto como há 20 anos atrás :). O Patrick Swayze teve a "honra" de estar colado à parede do meu quarto durante muito tempo e é assim, lindo, cheio de saúde, um excelente bailarino, que eu me vou recordar dele.

Estou assim um bocadinho...

... preocupada, não muito mas um bocadito, com a fala da Mafalda. Vai a caminho dos 28 meses e é uma autêntica "espanhola"! Se calhar, o problema é ter um termo de comparação, pois. É que a Camila, com esta idade, já tinha uma conversação fluente, dizia praticamente tudo e bem (só não dizia os "c", dizia "tamichão na tabeça", lembraste, MJ?). A Mafalda é uma tagarela, diz muitas palavras mas quase nenhuma correctamente, e começa agora a fazer frases que se percebem do princípio ao fim mas muito básicas, tipo "O pai é feia, a mim é inda!" (esta ouvi hoje depois do jantar, num momento de "namoro" com o pai :) ). Canta alguma coisa mas tudo muito atrapalhado, faz-me rir de tão cómica mas, por baixo do riso, fica sempre uma preocupaçãozinha parva, can't help it!
Estou há uma semana exilada em casa. Tem sido uma semana durita, a convalescença da Camila está a correr bem mas está carregada de mimo e com um comportamente que me põe a ferver de vez em quando, especialmente à hora das refeições. Se o que lhe ponho à frente lhe "cheirar", come bem, senão, começa a chorar porque tem que comer tudo picado e queria comer inteiro, porque lhe dói os ouvidos, porque lhe dói a garganta, tudo fita, já a topei. E, perante estas fitas, tenho muita dificuldade em ter paciência, que já é naturalmente pouca em mim, tem sido um esforço tremendo. Para "ajudar", estive uns dias a tomar conta da minha avó, que está de cama, para dar uma folguita aos meus pais, que a merecem, o que elevou um pouco mais o nível de stress destes dias. Vale-me o facto de ver a Camila melhorar de dia para dia e a alegria contagiante e inesgotável da Mafalda, um verdadeiro bálsamo anti-stress! :)

15 setembro 2009

Já está...

A Camila foi operada ontem de manhã. Até agora, correu tudo bem, tirando o acordar da anestesia e os incómodos normais decorrentes da operação, mas não há vómitos nem hemorragias, menos mal. Há uma grande falta de apetite que me torra a paciência quase toda, desespero por ela não se alimentar, é uma luta para fazê-la comer um gelado ou beber 3 goles de leite ou sumo.
Foi operada no Hospital Pulido Valente, Lisboa, na Unidade de Cirurgia Ambulatória, e só tenho a dizer bem do serviço, pessoal simpático e prestável, já ligaram hoje para fazer o ponto de situação do estado dela. Acompanhei-a até ao momento em que a anestesiaram, deixei-a já a dormir na marquesa, e chamaram-se assim que ela foi para o recobro. Aí, foi assustador, confesso. No caminho, comecei a ouvir alguém que gritava e nunca diria que era ela, nunca a tinha ouvido gritar assim. A enfermeira disse que era normal, que ela ainda não estava bem acordada, e eu espero sinceramente que sim, que ela não se lembre daquela meia-hora em que esteve completamente histérica, a gritar, a tossir, a gritar, a rebolar na cama, a rebolar no meu colo, e eu totalmente impotente, sem conseguir acalmá-la. Entretanto, começou a sossegar, ficámos lá mais um pouco e fomos para a enfermaria. Só pôde beber depois de 4 horas de cirurgia mas já me pedia água desde o recobro, também não foi fácil ter que estar sempre a recusar e a dizer que estava quase.
Agora são 12 dias de cuidados com a alimentação e tem consulta para a próxima semana. Espero que, até lá, os ecos dos gritos dela se apaguem da minha cabeça e que tudo isto valha a pena...

08 setembro 2009

Se eu pudesse escolher,...

... acho que esta fase da Mafalda era a que eu eternizaria na minhas filhas! Adoro, simplesmente. Já largou a fralda de vez, já come sozinha quase sempre, já se faz entender q.b., ainda é suficientemente pequena para ser portátil e embalar como um bebé. Ela é um doce, uma sedutora, sempre a tentar levar a água ao seu moinho, está naquela fase em que a mãe é a maior e é o seu objecto de adoração (já disse que adoro, já?), enfim, é tudo de bom! É incrível a capacidade que ela tem de intensificar todos os dias o amor que tenho por ela. Diz que é a minha "pinxese"... e é, a minha princesa linda! :)


(e este é o post nº 1000, xiii!)

A ansiedade também é maior...

... porque se está a aproximar o dia da cirurgia da Camila. Por mais simples que seja, ela vai sentir dores e isso põe-me logo KO, mil vezes tê-las eu por ela! Depois, vai coincidir com o início das aulas, ela vai ter que faltar logo nas 2 primeiras semanas de aulas e tenho receio que isso a prejudique. Acredito que não vão dar grande matéria nestes primeiros dias, será uma fase de adaptação mas já vai perder essa fase, que acho importante... Não deu para ser mais cedo e pensámos que será melhor faltar agora do que mais tarde, só espero que isto não atrapalhe muito o início desta nova etapa da sua vida...

It's all so quiet....

Ontem, a Camila foi com os avós para a praia, volta amanhã. É bom ter um pouco mais de sossego (especialmente depois de um domingo em que me deixaram quase louca!), ter a Mafaldinha como filha única e dar-lhe doses extras de mimo mas... já estou cheia de saudades da minha grande, parece que o peito se vai encolhendo aos poucos e cada vez consigo respirar menos profundamente, até dói um bocadinho! Mas ela volta amanhã, é já amanhã...

02 setembro 2009

Hoje é dia B!!!

A família cresceu hoje mais um pouco com a chegada da priminha B., filha da prima B.! Bem vinda, pequenina, as tuas primas esperavam ansiosamente por ti! :)