26 fevereiro 2010

Duas noites sem dormir...

A Mafalda está melhor, o médico ascultou-a hoje de manhã e estava limpa, mas tem passado as noites a tossir e a engasgar-se com a porcaria que tem na garganta, só fico descansada estando ao pé dela. Mas ao pé dela não durmo, logo ando aqui tipo zombie, em modo piloto automático.:(

24 fevereiro 2010

Chegar a casa, cheios de saudades,...

... e encontrar a Mafaldinha doente foi um grande balde de água fria! Estava a ficar prostrada, com muita dificuldade em respirar e com uma tosse cavernosa, nem falava, isto num curto espaço de tempo, a avó diz que tinha passado bem a manhã. Fomos logo ao médico que disse ser o vírus chato da bronquolite que atacou não só os brônquios como também a laringe e a traqueia, tomar Ventilan e Rosilan. Passou a noite a tossir, com o papá de plantão, e hoje de manhã já estava melhor, pelo menos já lhe ouvi a voz ao almoço.

Fim-de-semana em Barcelona,...

... do melhor! Uma bela cidade, com muito para ver, haja pernas (hoje ainda me doem as canelas e os gémeos!)! Na companhia do mano, cunhada e sobrinha mai linda ainda "empacotada", deixámos as filhotas aos avós e lá fomos encher as vistas com a arquitectura Uau! do Gaudi, as Ramblas, o Mercado La Boqueria (ai aqueles suminhos de fruta fresca!), Montjuic...
Ficou muito por conhecer e a vontade de voltar, um dia!

18 fevereiro 2010

"A mim não quélo comêle cinoula!"
"Deixa falále!"
"A mim fazeu!"
"A mim tou a bincále."
...

Com 2 anos e 10 meses, se calhar já deveria falar melhor (a irmã falava muito melhor), pelo menos em Setembro, quando for para o jardim de infância, convinha que falasse melhor. Mas gosto tanto de ouvi-la falar assim, não tenho pressa nenhuma de perder o que me resta deste meu bebé! :))

16 fevereiro 2010

Vou ser titi de uma menina, yeahhh!

Girl power rules, aqui pelo condomínio! :))

15 fevereiro 2010

Tanto se amam como se arranham,...

... as minha filhas! A Mafalda é uma pequena ditadora mas também obedece cegamente à Camila, na hora de fazerem os seus espectáculos de dança ou de criarem brincadeiras. A Camila manda na pequena mas também faz tudo para que a irmã ande atrás dela, derrete-se toda quando a Mafalda lhe sorri e a chama de mana (tratamento sabiamente reservado para puxar ao sentimento porque normalmente já só a chama de Camila e sabe que ela não gosta). Conseguem estar a brincar muito bem mas, num instante, instala-se o caos e sai gritaria por todo o lado, ou porque as duas querem o mesmo objecto ou porque a pequena reclama a propriedade de algo que pertence à grande e esta não se conforma ou porque uma não faz o que a outra quer que ela faça ou porque a Mafalda chama feia à Camila e a Camila diz que não é nada feia... enfim! Na maior parte das vezes, deixo-as entregues uma à outra, a ver se resolvem as coisas entre elas mas há alturas em que tenho que intervir. Um dia destes, ao fim de umas horas disto, separei-as, cada uma para o seu quarto. Daí a 10 minutos, vinha a pequena a arrastar-se encostada à parede até ao meu quarto, a pedir-me, cabisbaixa :"A mim quélo a Camila!".
São assim, as minhas pestes lindas! :)

14 fevereiro 2010

Carnaval

Por aqui, temos uma bruxa assustadora...
... e uma enfermeirinha catita!

08 fevereiro 2010

Se isto é assim com 2 anos...

Na sexta à noite, estávamos as 3 na sala, depois de jantar, e, às tantas, a Camila penetrou indevidamente na "zona de segurança" da Mafalda, isto é, chegou-se perto de mais da pequena fera, e esta manda-lhe uma estalada com as unhas em riste, que, graças aos bons reflexos da Camila, já treinados com situações semelhantes, lhe passou só de raspão pela cara. Disse-lhe para pedir desculpa à irmã senão ía imediatamente para a cama e ela:"Não!", de sobrolho franzido, com ar de rufia. Puxei-a em direcção ao corredor, começou a berrar que não queria ir para a cama e eu:"Então pede desculpa à mana!", ao que recebo um firme "Não!". Repeti a cena, ela lá me convence a dar-lhe outra tentativa, mas, quando chega ao pé da irmã, força uma tossezinha e diz, com a maior cara de pau:"A mim tem toxe!", como quem diz "Não consigo falar!". Parti-me a rir por dentro, claro, mas agarrei nela de novo para ir para a cama, desta vez decidida a cumprir. Ela fugiu-me, foi ao pé da irmã e cuspiu um "Cupa!" com uma cara de agoniada por estar a fazer aquilo. Estou tão tramada com esta pulguita!

Das amizades II

Tenho uma amiga, a V., que vai mudar radicalmente de vida e pôr um oceano entre nós. Há 10 anos e picos, quando meti na cabeça que haveria de aprender alemão, conheci-a no curso, a ela e à A., com as quais formei um trio que, desde então, se junta de vez em quando para falar da vida, dos maridos, dos filhos, dos sonhos, das desilusões, de tudo e de nada. Entretanto, envolvemos os cônjuges no grupo e foram chegando as crias, duas minhas e duas da V., a primeira da A. vem a caminho.
E agora a V. vai embora. Vai voltar para junto da família dela, com filhos, marido e a vida toda na bagagem. Fico feliz por ela, porque ela acredita que vai ter uma vida melhor, e acredito que voltarei a vê-la quando vier cá de férias visitar a família do marido. A minha amizade com a A. vai manter-se e, com a ajuda da internet, que reduz oceanos a simples pocinhas de água, com certeza que iremos sabendo da V.. Mas não consigo evitar de sentir muito a sua partida, o trio vai ficar amputado, coxo...

Das amizades I

Duas pessoas, um homem e uma mulher, com quem me dei como irmãos, ele desde a infância, ela na faculdade. Há anos que não os vejo nem nos falamos, cansei de ser eu a andar atrás, que era o que vinha acontecendo nos últimos contactos, especialmente com ela. Recebo uma ou outra sms no Natal, dela recebo nos aniversários das filhas, não se esquece. Neste aniversário, os dois enviaram-me extensas sms com surpreendentes declarações de grande amizade. Fico confusa. Também se pode ser amigo assim?!

Mafaldinha com febre...

... desde a madrugada, agora já se queixa: "Dói cabexa!" com uma vozinha dorida, ainda me faz mais pena.Espero que passe rápido, é tão mau vê-las doentinhas!

04 fevereiro 2010

Já disse...

... que tenho o marido mais tudo e tudo deste Mundo? Obrigada pela surpresa aqui, "amore"!:)

Parabéns

Hoje escreve o marido!!!

Muitos Parabéns à minha "velhota" que faz hoje 35 anos.

Adoro-te...

F.

E muitos beijinhos das pequenitas, Camila e Mafalda.