31 janeiro 2011

Hoje assinei...

... a autorização para o primeiro passeio da Mafalda com a escolinha, aaaaaaaaaahhhhhhhhh! (grito de desespero, tipo a cair num precipício)

Pois que tenho por aqui....

... 5 anos de escritos com mais ou menos interesse, depende da opinião, mas que são meus e dos quais uns bons 3 anos não estão guardados em lado nenhum a não ser aqui, perdidos no éter. Sugestões e dicas para realizar o bom e sempre prudente backup de forma expedita aceitam-se.

A Arca já está uma menina crescida,...

... fez ontem 5 anos que guardou o meu primeiro post.

(eu é que já estou a ficar desmemoriada, que só hoje é que me lembrei!)

27 janeiro 2011

Uma noite sem dormir,...

... maldita tosse (a minha)!

26 janeiro 2011

O primeiro volume acabou de ser devorado,...


... venha o segundo. E os dois de "Um Mundo sem Fim" já estão na calha!

24 janeiro 2011

Não admira que a Justiça seja lenta...

Na semana passada, lá me apresentei nos Serviços de Investigação Criminal do Ministério Público no dia e hora marcados na convocatória recebida há mais de um mês. Entro numa sala com várias secretárias e sento-me junto à mesa da técnica judicial que me foi chamar à sala de espera, sem a mais pálida ideia sobre o porquê de estar ali . A senhora pede-me o BI, começa a escrever no computador, e eu vou mirando a capa do processo que está na mesa, à minha frente, de pernas para o ar. Quando leio o nome do arquido, fico descansada porque não conheço semelhante nome, o que confirma a minha primeira suspeita de tudo não passar de um engano. (Entretanto, vou ouvindo a "entrevista" da mesa ao lado, onde um rapaz enumera os motivos que o levaram a estar preso durante 2 anos, sendo já a sua terceira pena: furto, sequestro, posse ilegal de arma de fogo, brula informática... só penso "onde eu estou metida!"). A técnica lá termina de teclar e começa então o inquérito, avisando previamente que tenho que dizer a verdade: conhece fulano? não; conhece sicrano? não; qual é a sua ligação à empresa XPTO? não conheço essa empresa. Faz um ar surpreendido e abre o processo numa carta da Segurança Social onde estava uma lista de nomes de funcionários da dita empresa, juntamente com os seus números da SS, e nessa lista estava o meu nome, com todos os fff e rrr. Pede-me o meu NIF e começa a comparar com o NISS "ah, mas estes números não têm nada a ver!", chamo-lhe a atenção que o que está na carta é o NISS e não o NIF. "Ah, pois é, tem então aí o seu NISS?", tenho, sim senhora. " Pois, é o seu nome, mas o NISS não é igual, parece ser engano!", começa com ar de desculpas. "Pois, mas por causa desse engano, ando há mais de um mês a massacrar a cabeça, a pensar do que se trataria!", respondi eu calmamente mas a ferver por dentro. Então é o seguinte: alguém com o meu nome trabalhou numa empresa de alguém que está a ser acusado de furto qualificado e os senhores do Ministério Público, nas suas investigações profundas, associam a minha morada àquele nome e, pumba, é esta a gaja!, nem vale a pena confirmar qualquer número de identificação, BI, NIF, NISS! Devia ter registado uma reclamação, pois devia, mas eu só queria era sair dali. Só tenho pena de não ter sido entrevistada pela "senhora" que assinava a convocatória e com a qual falei ao telefone no dia em que a recebi e que me respondeu arrogantemente, quando pus a hipótese de que fosse um engano: "Está aí o seu nome, não está? Está aí a sua morada, certo? Então não é engano!", para lhe esfregar o engano na cara, grrrr!
E assim se arrastam processos durante anos e anos! :-S

Fresquinha de hoje, depois de ver o anúncio do leite NAN:

"Mamã, logo tu tens um bebé na barriga e dipois eu xudo-te a dar o bribron e a tirar a fralda e a Camila vai pôr a fralda no lixo! Mamã, eu quia um mano bebé, tá bem?"

Mais uma grande diferença entre as duas, a Camila nunca pediu um irmão, aliás, fazia questão de responder um "Não quero nada dixo, não pexijo nada dixo!" quando alguém lhe falava no assunto! Felizmente, era só fogo de vista, ficou delirante quando soube que ía ter um mano ou mana! :-)

18 janeiro 2011

E temos...

... cara nova! :-)

17 janeiro 2011

Estou encantada...

... com o gosto pela leitura que a Camila está a demonstrar. Recebeu imensos livros no Natal e gostou, agora quer sempre ler antes de dormir. Desde o início do ano, já leu um livro do Clube Tiara e agora anda a ler o "Rosa, minha irmã Rosa" da Alice Vieira. Até aqui, queria que a aconchegássemos e apagássemos a luz, agora já não é preciso, beijinho, boa noite e "eu depois apago a luz!", tenho que lhe limitar ou as páginas ou o tempo no relógio senão esquece-se! Valeu a pena o tempo passado a ler histórias todas as noites, a coisa entranhou-se! :-)

A Mafalda já diz quase tudo correctamente,...

... há umas semanas começou a dizer o "r" no meio das palavras: frio, três, Sara, Lara, grande, tudo palavras que saem direitinhas, cada vez menos se ouve fala de bebé cá por casa. Por isso, acho as pequenas falhas cada vez mais amorosas, como neste fim-de-semana, em que trouxe para casa um livro da escolinha, para lermos com ela e fazer uma ficha de leitura. O livro chamava-se "Zuzu e Zizi ajudam a mamã" e tive um ataque de riso idiota quando ela começa "O Xuxu e a Xixi", e eu "Zizi!" e ela "Xixi!", e já ela se ria por eu estar a rir-me. Ou quando disse que ía fazer esparguete para o jantar e ela "Não gosto de pásguete!" e outras quantas que me vou esquecendo.

10 janeiro 2011

A Mafalda está com menos febre hoje, felizmente. Ficou em casa no miminho com o pai e depois a avó, e assim vai continuar até estar recuperada a 100 %, malvados bichos que atacam os pequeninos!
No mês passado, recebi uma convocatória para me apresentar como testemunha num inquérito dos Serviços de Investigação Criminal cá do burgo para a semana. Tentei saber do que se tratava mas não consegui, ninguém me diz nada, ninguém me pediu para eu ser testemunha de nada, não faço a mínima ideia do que se trata. No final, vou ter mais de um mês de moagem de neurónios em cima por causa disto, quando dou por mim, lá estou eu a matutar "O que será?!". Quando eu descobrir quem me meteu nisto, ai senhores!...

Hoje é dia 10:

- dois meses para os 8
- 5 meses para os 4

(glup!)

09 janeiro 2011

Mafalda com 39º...

... desde sexta-feira. A febre baixa durante a manhã mas, ao fim do dia, sobe em flecha e não Ben-u-ron ou Brufen que a quebre por muito tempo. Fica prostrada e geme que lhe dói a cabeça, e o meu coração fica do tamanho de um grão de pó... Vamos ver se conseguimos evitar o hospital até amanhã, nessa altura já teremos a opção do centro de saúde.

08 janeiro 2011

Acabei-o ontem,...


... foi-se em 3 dias, lido durante as refeições e num serão inteiro. Viciante, fascinante, a forma como este senhor pinta Barcelona com as suas palavras, na minha opinião. Depois de "A Sombra do Vento" e de "O Jogo do Anjo", este mantém o nível, com toda a segurança.

06 janeiro 2011

Mafalda, ao pequeno-almoço:

- Hoxe é dia de escola?
- É.
- Todos os dias é dia de escola! Pexijo de féias, ná há mais féias?!

Tadinha, está difícil voltar ao ritmo.

05 janeiro 2011

Hoje...

... não é um dia muito bom. Preciso de miminho...

04 janeiro 2011

Ciuminho doloroso

Ontem, a Mafalda teve um "ataque" de ciúmes da prima S.. No momento de soprar as velas com a avó, fez birra e não quis ir para o lado dela, levaram-na ao colo para ficar na fotografia mas ficou sempre a esconder a cara. Tudo porque a priminha estava no colo da avó, o lugar que tem sido dela desde que ela se lembra. Percebi que era mesmo isso quando, em casa, lhe perguntei porque é que não quis tirar fotos com a avó, a mana e a prima, que a avó é amiga dela, e ela abre um choro tão sentido, já com algum sono à mistura também, mas era um choro de dor no coração, não precisou de dizer nada para sentir a sombra do ciuminho da prima. Custa-me vê-la assim, da mesma forma que custou ver a Camila sofrer com a chegada da irmã, mas elas têm que aprender a lidar com esses sentimentos, faz parte do que se chama crescer...

03 janeiro 2011

E hoje,...


... como não estamos ainda cansados de festas, comemoramos os 59 anos da minha mãe, com um bolito acabadinho de decorar por moi même!

A Camila,...

... pelo contrário, foi toda contente, desejosa de contar às amigas as prendas que o Pai Natal lhe trouxe. Os trabalhos de casa foram todos feitos mas raros foram os que não tiverem uma segunda volta, é tão trapalhona na apresentação! Quando quer, até faz uma letra bem bonitinha e, se fosse esperta, fazia-a logo assim à primeira, depois chora porque "já estou à tanto tempo a fazer trabalhos de casa!", só me dá para rir por ela não entender que só depende dela, acredito e espero que entretanto se dê o "clic" naquela cabeça! :-))

Pela primeira vez,...

... a Mafalda choramingou para ficar na escola. Pudera, depois de duas semanas de mimo intensivo, de ver muitos Mickeys (dezenas de "A Casa do Mickey Mouse" que temos gravados), de muita brincadeira com a mana, a jogar às mamãs e aos bebés, à Wii, compreende-se... eu não estive nem metade do tempo que ela esteve em casa e também me apeteceu chorar quando o despertador tocou esta manhã! :-)