24 dezembro 2012

Tanto...

... por dizer, tanto por fazer, tanto por contar, tanto, tanto... Queria contar o quanto sabe bem estar com a Mafalda e deixar-me envolver no seu mundo da fantasia, o quanto dá prazer vencer a luta com a pré-adolescente-Camila-que-já-não-quer-abraços-e-beijinhos e conseguir pô-la a ronronar nos meus braços, o quanto de calor que enche o meu peito de cada vez que pouso os olhos no meu menino Francisco (hoje com um ano, um mês e uma semana), que ainda não anda, só porque não quer mesmo, mas corre o mundo atrás de mim. Tanto que merece ser escrito, registado, partilhado e eu sem conseguir fazê-lo, a desculpa clássica: o tempo não estica. Quero mudar isto, gosto de ler o que escrevi para trás e eles merecem que se registe, para um dia eles terem esse gosto.
Hoje venho desejar aqui, a alguém que ainda se lembre de passar por cá, um Natal iluminado, quentinho, aconchegado, com aquilo que verdadeiramente importa, saúde e amor. O meu vai ser assim, esperando pelo menino Jesus da família, o meu querido sobrinho V. que está prestes a nascer. Feliz Natal!

05 dezembro 2012

Primeira vez na neve...

... para os dois mais novos. Um dia lindo, cheio de sol e sem vento, com uma camada fina de neve mas suficiente para a brincadeira com o trenó. As pequenas brincaram até gelarem, a Camila foi a primeira a desistir, a Mafalda teria ficado na neve até ser noite, estava a delirar, tão feliz, há que tempos que nos pedia para irmos à neve! Espetei dois deditos do Francisco na neve, recolheu logo a mão para dentro da manga a franzir o sobrolho, com uma expressão a dizer "Mas o que é que eu fiz de mal, para me estares a pôr isto gelado na mão?!". Foi um belo passeio, para mim, o grande contra da neve é a "chatice" de fazer frio como tudo, quando fizerem neve quente, ainda sou capaz de alinhar em desportos de Inverno, agora assim... não contem comigo! :-)